FANDOM


(Criou página com '''Direitos Reservados ao [http://web.archive.org/web/20150907055606/http://wiki.ironchariots.org/index.php?title=Main_Page Iron Chariots], Link original [http://web.archive....')
 
(Contra-Exemplos)
Linha 1: Linha 1:
 
''Direitos Reservados ao [http://web.archive.org/web/20150907055606/http://wiki.ironchariots.org/index.php?title=Main_Page Iron Chariots], Link original [http://web.archive.org/web/20150920122444/http://wiki.ironchariots.org/index.php?title=Argument_from_aesthetic_experience aqui]''
 
''Direitos Reservados ao [http://web.archive.org/web/20150907055606/http://wiki.ironchariots.org/index.php?title=Main_Page Iron Chariots], Link original [http://web.archive.org/web/20150920122444/http://wiki.ironchariots.org/index.php?title=Argument_from_aesthetic_experience aqui]''
   
Citando todo o argumento da experiência estética literalmente: [1]<ref>http://web.archive.org/web/20150920122444/http://www.strangenotions.com/god-exists/#17</ref>
+
Citando todo o argumento da experiência estética literalmente: <ref>http://web.archive.org/web/20150920122444/http://www.strangenotions.com/god-exists/#17</ref>
 
# Há a música de Johann Sebastian Bach.
 
# Há a música de Johann Sebastian Bach.
 
# Portanto, deve haver um Deus.
 
# Portanto, deve haver um Deus.
 
# Você pode vê-lo ou não.
 
# Você pode vê-lo ou não.
O argumento pode ser variado com diferentes obras de arte ou maravilhas da natureza: "Olhe as estrelas! Portanto, Deus".<blockquote>''"Pessoalmente, estou convencido de que há outra inspiração que me convence de que existe um Deus; Arte. Belas artes. ''[2]<ref>http://web.archive.org/web/20150920122444/https://catholicbusinessjournal.biz/content/everyday-proof-god</ref>''"''</blockquote>Apologistas argumentam que o Alcorão é o livro mais eloquente já escrito, o que é um milagre.
+
O argumento pode ser variado com diferentes obras de arte ou maravilhas da natureza: "Olhe as estrelas! Portanto, Deus".<blockquote>''"Pessoalmente, estou convencido de que há outra inspiração que me convence de que existe um Deus; Arte. Belas artes. ''<ref>http://web.archive.org/web/20150920122444/https://catholicbusinessjournal.biz/content/everyday-proof-god</ref>''"''</blockquote>Apologistas argumentam que o Alcorão é o livro mais eloquente já escrito, o que é um milagre.
   
 
== Contra-Exemplos ==
 
== Contra-Exemplos ==
Linha 12: Linha 12:
 
As experiências estéticas são fenômenos mentais e não requerem intervenção divina. Existem muitas maneiras de alcançar profundas experiências espirituais, mesmo que essas experiências sejam relativamente raras. Como ocorrem em muitas religiões diferentes, o argumento não apóia nenhum deus em particular.
 
As experiências estéticas são fenômenos mentais e não requerem intervenção divina. Existem muitas maneiras de alcançar profundas experiências espirituais, mesmo que essas experiências sejam relativamente raras. Como ocorrem em muitas religiões diferentes, o argumento não apóia nenhum deus em particular.
   
"as experiências estéticas ainda são, mais do que provável, excitações internas do cérebro, como vemos pelo fato de que a ingestão de drogas recreativas pode trazer experiências ainda mais intensas de transcendência. E os fatores desencadeantes de experiências estéticas naturais são facilmente explicáveis ​​a partir da evolução. pressões que moldaram os sistemas perceptivos dos seres humanos. [3]<ref name=":0">Rebecca Newberger Goldstein, ''[http://web.archive.org/web/20150920122444/http://edge.org/conversation/36-arguments-for-the-existence-of-god 36 Arguments for the Existence of God: A Work of Fiction]'', 2011</ref>"<blockquote>"''Acreditar que o mundo realmente contém beleza existente separadamente da perspectiva de um observador compromete a falácia da projeção."'' <ref name=":0" /></blockquote>A interpretação logicamente mais válida do argumento pode ser que Bach é Deus.
+
"as experiências estéticas ainda são, mais do que provável, excitações internas do cérebro, como vemos pelo fato de que a ingestão de drogas recreativas pode trazer experiências ainda mais intensas de transcendência. E os fatores desencadeantes de experiências estéticas naturais são facilmente explicáveis ​​a partir da evolução. pressões que moldaram os sistemas perceptivos dos seres humanos. <ref name=":0">Rebecca Newberger Goldstein, ''[http://web.archive.org/web/20150920122444/http://edge.org/conversation/36-arguments-for-the-existence-of-god 36 Arguments for the Existence of God: A Work of Fiction]'', 2011</ref>"<blockquote>"''Acreditar que o mundo realmente contém beleza existente separadamente da perspectiva de um observador compromete a falácia da projeção."'' <ref name=":0" /></blockquote>A interpretação logicamente mais válida do argumento pode ser que Bach é Deus.
   
 
Exatamente o mesmo argumento pode ser usado para argumentar contra a existência de Deus e a experiência estética:<blockquote>''"[Deus] era contrário ao gosto dos meus ouvidos e olhos; pior do que eu não gostaria de dizer contra ele." ''- Friedrich Nietzsche</blockquote>
 
Exatamente o mesmo argumento pode ser usado para argumentar contra a existência de Deus e a experiência estética:<blockquote>''"[Deus] era contrário ao gosto dos meus ouvidos e olhos; pior do que eu não gostaria de dizer contra ele." ''- Friedrich Nietzsche</blockquote>

Edição das 05h18min de 30 de outubro de 2019

Direitos Reservados ao Iron Chariots, Link original aqui

Citando todo o argumento da experiência estética literalmente: [1]

  1. Há a música de Johann Sebastian Bach.
  2. Portanto, deve haver um Deus.
  3. Você pode vê-lo ou não.

O argumento pode ser variado com diferentes obras de arte ou maravilhas da natureza: "Olhe as estrelas! Portanto, Deus".

"Pessoalmente, estou convencido de que há outra inspiração que me convence de que existe um Deus; Arte. Belas artes. [2]"
Apologistas argumentam que o Alcorão é o livro mais eloquente já escrito, o que é um milagre.

Contra-Exemplos

Isto é um non sequitur, ou seja, a conclusão não segue da premissa. As experiências estéticas não implicam automaticamente a existência de outras entidades como Deus.

As experiências estéticas são fenômenos mentais e não requerem intervenção divina. Existem muitas maneiras de alcançar profundas experiências espirituais, mesmo que essas experiências sejam relativamente raras. Como ocorrem em muitas religiões diferentes, o argumento não apóia nenhum deus em particular.

"as experiências estéticas ainda são, mais do que provável, excitações internas do cérebro, como vemos pelo fato de que a ingestão de drogas recreativas pode trazer experiências ainda mais intensas de transcendência. E os fatores desencadeantes de experiências estéticas naturais são facilmente explicáveis ​​a partir da evolução. pressões que moldaram os sistemas perceptivos dos seres humanos. [3]"

"Acreditar que o mundo realmente contém beleza existente separadamente da perspectiva de um observador compromete a falácia da projeção." [3]
A interpretação logicamente mais válida do argumento pode ser que Bach é Deus.

Exatamente o mesmo argumento pode ser usado para argumentar contra a existência de Deus e a experiência estética:

"[Deus] era contrário ao gosto dos meus ouvidos e olhos; pior do que eu não gostaria de dizer contra ele." - Friedrich Nietzsche

Referências

  1. http://web.archive.org/web/20150920122444/http://www.strangenotions.com/god-exists/#17
  2. http://web.archive.org/web/20150920122444/https://catholicbusinessjournal.biz/content/everyday-proof-god
  3. 3,0 3,1 Rebecca Newberger Goldstein, 36 Arguments for the Existence of God: A Work of Fiction, 2011
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.